Auxílio Emergencial: Projeto no Senado propõe prorrogação do benefício até março de 2021

Auxílio Emergencial: Projeto no Senado propõe prorrogação do benefício até março de 2021

Na última segunda-feira, 14 de dezembro, um novo projeto de lei foi apresentado no Senado prevê uma nova prorrogação nos pagamentos do auxílio emergencial até o mês de março de 2021. A proposta prevê o mesmo valor pago nas parcelas residuais, de R$ 300.

O autor do projeto de lei é o senador Alessandro Vieira (cidadania-SE) e depende da aprovação da maioria do Senado Federal como também da Câmara dos Deputados.

De acordo com o texto da proposta os pagamentos de R$ 300 serão mantidos a todos os beneficiários que hoje recebem o auxílio emergencial. A extensão do benefício emergencial ocorre por força da Medida Provisória 1000/2020 que prevê o encerramento dos repasses ainda este mês de dezembro.

Em setembro o congresso não apreciou a MP editada em setembro pelo governo, uma Medida provisória perde sua validade se não for convertida em lei num prazo de até 120 dias.

Veja também:  NOVA Extensão Do Auxílio Emergencial Até Março De 2021 É PROTOCOLADA

 

A extensão do auxílio emergencial de R$ 300, popularmente conhecida como parcela residual gera um custo total de R$ 67,6 bilhões.

Segundo o autor do projeto “O fato é que, por conta da inércia do governo federal, simplesmente não teremos um programa nacional de vacinação em execução antes de março. É preciso fazer essa ponte para manter o mínimo de estabilidade social até lá”,

“A agenda social precisa ser revista, para abranger as milhões de famílias vulneráveis à pobreza que a pandemia evidenciou”, afirmou.

Auxílio emergencial 

È o programa que foi criado para atender os trabalhadores informais e beneficiários do programa Bolsa Família no período da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Inicialmente, seriam pagas apenas 3 parcelas de R$600, mas depois foi prorrogado por mais 2 parcelas e por último até o final do ano.

O programa atendeu até agosto cerca de 67,2 milhões de pessoas, pagando o valor de R$600 e R$1.200 para as mães de família. 

O valor do auxílio residual, que são de 4 parcelas pagas até dezembro são de R$300 e R$600 para as mães de família.

Os brasileiros já estão recebendo as parcelas extras, mas não são todos que vão receber.

Uma proposta apresentada no Senado prevê que pagamentos do Auxílio Emergencial sejam mantidos até março de 2021. Para falar sobre o projeto, o Senador Alessandro Vieira do Cidadania concede entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã.

Prorrogação do Auxílio Emergencial pode ocorrer em 2021, confirma Guedes

Ministro da Economia mostra convicção sobre o pagamento do Auxílio Emergencial ser prorrogado no próximo ano. Decisão vai depender do cenário de contaminação do coronavírus no país.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp